Primeira Transa

   A primeira transa em geral está cercada de muitas expectativas. É uma idéia excitante, embora às vezes cause ansiedade e medo.Além do desejo de desfrutar o prazer sexual e a intimidade com uma pessoa querida, é comum a preocupação com o desempenho, em fazer tudo certinho, para agradar ao parceiro.


   
Para que a relação sexual seja boa, as pessoas envolvidas precisam estar querendo,bem como se sentindo seguras e psicologicamente preparadas.Não se deve transar só porque um dos parceiros quer.Cada um tem seu tempo, um ritmo próprio para se sentir pronto.Reconhecer e respeitar as próprias necessidades e a dos outros é indispensável para desenvolver uma vida emocional equilibrada e harmoniosa.


   Uma coisa é muito importante: os parceiros devem se preocupar com a gravidez e também as doenças infecciosas, que podem resultar do ato sexual, mesmo que seja a primeira transa.Antes de ter a relação, devem conversar sobre isso e chegar a um acordo sobre como evitá-las.


    Algumas mulheres e garotas temem a primeira relação sexual, pois acham que vai doer.Na verdade, há certo desconforto se o hímem (membrana que cobre parcialmente a entrada da vagina) for rompido na primeira penetração.Mas isso nem sempre acontece.Por ser uma membrana elástica, a abertura do hímem já pode ter sido alargada com o uso de tampões (absorventes internos) ou com a prática de esportes vigorosos, e não se romper na relação sexual.Em todo o caso se a dor for muito intensa, é mais provável que seja decorrente de uma forte contração dos músculos vaginais.Se relaxar, passa.


   Já o rapaz pode sentir dor na ereção ou na penetração se o prepúcio (dobra da pele que cobre a glande-cabeça) for muito apertado.Uma cirurgia de circuncisão, que retira o prepúcio,resolve o problema.


   É bom saber que é quase impossível fazer tudo perfeito na primeira relação.A relação sexual,como quaisquer outras atividades na vida,aprimora-se com a prática.Com diálogo,compreensão e confiança tudo corre bem.

   O QUE PODE DAR ERRADO?

    Geralmente, aquilo que não vai bem nas relações sexuais é superado com a experiência a com a conversa entre as pessoas envolvidas.


    Ansiedade, sentimentos de culpa, timidez e temores tendem a se dissipar conforme a pessoa se sinta à vontade e compreendida.


    Nas primeiras relações sexuais, é comum que o rapaz ou o homem goze rápido demais, às vezes até antes de o pênis penetrar na vagina.Com a prática, ele aprende a se controlar, prolongado o período de excitação.


    Algumas vezes, quando se está muito cansado ou preocupado, pode ocorrer de o rapaz não conseguir ter ou manter a ereção.Não deve ser encarado como um problema sério, pois também é normal.Depois de restabelecido do cansaço ou com a diminuição das condições ambientais estressantes, o corpo estará pronto para uma nova relação sexual.Se, em todo caso, o problema persistir, deve-se procurar o médico para se pesquisar uma causa orgânica.

0 Response to "Primeira Transa"